Como declarar Lucros e Prejuízos com Ações no Imposto de Renda?

Na Declaração Anual, na seção “Renda Variável“, deverão ser lançados os resultados obtidos em cada mês, separados entre operações comuns e operações Daytrade (quando a compra e a venda ocorrem no mesmo dia).

Quem compra e vende ações, deve fazer uma apuração mensal dos resultados de suas operações para verificar se terá de pagar Imposto de Renda. Aprenda a fazer esse controle lendo o artigo “Imposto de Renda nas operações com Ações”.

  • Abra o programa do IRPF
  • Selecione a seção “Renda Variável”
  • Selecione o item “Operações Comuns / Day-Trade”
  • Preencha o quadro mês a mês com os seus resultados

Lucros e Prejuízos com Ações

Se você faz operações com Ações, registrar lucros e prejuízos na Declaração Anual irá permitir-lhe compensar no próximo ano os prejuízos ocorridos neste ano.

Se você ultrapassou o limite de isenção (vendas menores que R$20.000,00 mensais), ao preencher a tabela de operações na seção de “Renda Variável” o programa automaticamente registrará seus ganhos totais no ano na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva/Definitiva“, no item “Ganhos líquidos em renda variável

Lucros com vendas que não ultrapassaram R$20.000,00 mensais

Se você vendeu ações, mas não ultrapassou os R$20.000,00 mensais, seus lucros serão isentos de Imposto de Renda. O somatório dos lucros isentos no ano deverá ser registrado na aba “Rendimentos Isentos e não tributáveis“, no item “Ganhos líquidos no mercado à vista de ações em bolsas de valores…

  • Abra o programa do IRPF
  • Selecione a seção “Rendimentos Isentos e não tributáveis”
  • Clique em “Novo”
  • Selecione o item “Ganhos líquidos no mercado à vista de ações em bolsas de valores…”
  • Selecione o beneficiário
  • Digite o valor do lucro das operações

Compartilhe este artigo:

TwitterFacebookGoogle+BufferPin It