Três maneiras de calcular o rendimento dos seus investimentos.

Se você tem investimentos no mercado financeiro e resolveu calcular você mesmo seu rendimento, pode ter descoberto que essa não é uma tarefa tão simples, especialmente se você faz aportes periódicos e possui dinheiro investido em vários tipos de investimentos diferentes.

Neste artigo vamos mostrar três maneiras de calcular o rendimento da sua carteira de investimentos:

  • Taxa de Retorno (Rate of Return)
  • Taxa de Retorno Ponderada pelo Tempo (Time Weighted Return)
  • Sistema de cotas

Nas três formas, consideramos que você reaplica os dividendos recebidos. Se este não for o caso, e você deseja contabilizar os dividendos como retorno mesmo não os reaplicando, o ideal é utilizar a fórmula da Taxa Interna de Retorno.

Taxa de Retorno

Este é o método mais simples e consiste em subtrair o valor final do valor inicial e dividir o resultado pelo valor inicial, obtendo o percentual de rendimento:

Taxa de Retorno = [ ( Valor Atual – Valor Inicial ) / Valor Inicial ] x 100

Pontos Positivos:

  • Fácil de calcular

Pontos Negativos:

  • Não leva em conta os depósitos e retiradas ao longo do tempo

Exemplo:

  • No dia 05/01 você compra 100 ações INVE3 por RS10,00 cada, num total de R$1.000,00.
  • No dia 05/02 as ações valem R$10,50 cada, dando um total de R$1.050,00.

A taxa de retorno seria igual a:

[ ( 1050 – 1000 ) / 1000 ] x 100 = 5%

Taxa de Retorno Ponderada pelo Tempo

Neste método cada aporte ganha um peso no rendimento final.

Inicialmente, calcula-se o Retorno do Período (Holding Period Return) para cada período:

HPR = (Valor Final – (Valor Inicial + Fluxo de Dinheiro) / (Valor Inicial + Fluxo de Dinheiro)

Em seguida, calcula-se o rendimento ponderado (TWR – Time Weighted Return), que é o resultado da fórmula:

TWR = [ ( 1 + HPR1 ) x ( 1 + HPR2 x … x ( 1 + HPRn ) ] – 1

Pontos Positivos:

  • Leva em conta os depósitos e retiradas

Pontos Negativos:

  • Relativamente difícil de se calcular
  • É preciso atualizar o valor de toda a carteira de investimento antes de fazer o cálculo

Exemplo:

  • No dia 02/01 você compra 1000 ações INVE3 a R$10,00 cada. Total de R$10.000,00.
  • No dia 05/02 as ações valem R$10,50 cada. Total da carteira é R$10.500,00.
  • Você compra mais 100 ações. Novo aporte total de R$1050,00.
  • No dia 03/03 as ações valem R$11,00 cada. Total da carteira R$12.100,00.

Para o primeiro período, do dia 02/01 ao dia 05/02, o HPR será:

HPR1 = ( 10500 – ( 0 + 10000 ) ) / ( 0 + 10000 ) = 5%

Para o segundo período, do dia 05/02 até o dia 03/03, o HPR será:

HPR2 = (12100 – (10500 + 1050)) / (10500 + 1050) = 4,76%

A TWR será

TWR = [ (1+ HPR1 ) x ( 1 + HPR2 ) ] -1 = [ ( 1 +,05 ) x ( 1 + 0,0476 ) ] -1 = 9,998%

Sistema de Cotas

O sistema de cotas é uma outra maneira de realizar o cálculo da taxa de retorno ponderada pelo tempo. Neste sistema, o investidor simula que seus investimentos compõem um fundo de investimento e estipula um número de cotas e o valor de início. A partir daí, vai atualizando o valor das cotas e soma ou subtrai a quantidade de cotas dependendo dos aportes ou retiradas que realiza. O valor do rendimento é dado pelo cálculo da taxa de retorno entre o período final e o período inicial.

Pontos Positivos:

  • Cálculo relativamente simples
  • Leva em conta depósitos e retiradas

Pontos Negativos:

  • É preciso atualizar o valor de toda a carteira de investimento antes de fazer o cálculo

Exemplo:

  • No dia 02/01 você compra 1000 ações INVE3 a R$10,00 cada. Total de R$10.000,00.
  • No dia 05/02 as ações valem R$10,50 cada. Total da carteira é R$10.500,00.
  • Você compra mais 100 ações. Novo aporte total de R$1.050,00.
  • No dia 03/03 as ações valem R$11,00 cada. Total da carteira R$12.100,00.

Vamos supor que nosso fundo se inicia no dia 02/01 com 100 cotas. Como o patrimônio total é R$10.000,00, cada cota passa a valer R$100,00.

No dia 05/02 atualizamos o patrimônio do fundo, que agora está em R$10.500,00. Isto significa que nossas cotas valorizaram para R$105,00 cada. Pois o preço da cota é o valor patrimonial (total dos seus investimentos na data) dividido pelo número de cotas.

O rendimento do primeiro período será:

( preço final da cota – preço inicial da cota ) / ( preço inicial ) = ( 105 – 100 ) / 100 = 5%

O novo aporte de R$1.050,00 representa a aquisição de 10 novas cotas ( 1050 / 105 ) e o fundo passa a ter 110 cotas.

No dia 03/03, atualizamos o valor patrimonial do fundo, que agora é de R$12.100,00. Isto significa que cada cota vale R$110,00.

O rendimento total no dia 03/03 é:

( 110 – 100 ) / 100 = 10%

Compartilhe este artigo:

TwitterFacebookGoogle+BufferPin It

Leave a Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.