O que é liquidez?

Liquidez é a facilidade com que você pode transformar um investimento em dinheiro na sua conta corrente ou na sua mão.

Alguns exemplos:

  • Poupança: possui liquidez imediata, você desconta direto da poupança ou vai no caixa e retira o dinheiro na hora.
  • LCI: possui liquidez diária, o dinheiro cai na sua conta somente no final do dia, quando então você poderá utilizar o valor ou retirar o dinheiro no caixa.
  • Tesouro Direto: possui recompra diária, mas o dinheiro só irá aparacer na conta da sua corretora no dia seguinte. Depois, você terá de enviar o dinheiro da sua corretora para o banco, para só então conseguir utilizá-lo.

Analisar a liquidez de um investimento é importante por dois motivos:

  • Saber quando você poderá retirar o dinheiro caso precise
  • Evitar ter de pagar o spread

Se você investe um dinheiro que acha que irá utilizar mais para frente, quando a oportunidade chegar, se você não conseguir retirar logo o valor investido, você pode acabar ficando em uma situação ruim por não ter o dinheiro em mãos. Antes de investir, saiba quando irá precisar do dinheiro e se o investimento possui liquidez que atenda suas necessidades.

O QUE É SPREAD?

O spread é a diferença de preços entre a oferta de compra com o maior preço, e a oferta de venda com menor preço. O spread é uma característica de investimentos onde é possível negociar alguma coisa, por exemplo: Ações, FII, CRI e Debêntures.

Quanto menor a liquidez, maior será o spread.

Quando a liquidez é pequena, há poucas pessoas querendo fazer negócio. Nesse cenário, quem entra com pressa querendo vender rápido para conseguir dinheiro, acaba tendo que aceitar ofertas por um preço menor do que gostaria, do contrário não conseguirá vender tão cedo.

O inverso ocorre para quem está querendo comprar rápido. Em um investimento de pouca liquidez, quem quer comprar rápido terá de aceitar pagar mais caro para poder fazer negócio.

LIQUIDEZ E O INVESTIMENTO

Sabendo o que é liquidez, você pode começar a selecionar os melhores investimentos para os seus objetivos:

  1. Decida se e quando utilizará o dinheiro que investiu
  2. Selecione os investimentos que possuam liquidez que atenda às suas intenções

Continue aprendendo sobre a análise de investimentos lendo o artigo “Riscos de um Investimento”.

Compartilhe este artigo:

TwitterFacebookGoogle+BufferPin It