Aprenda o que é e para que serve o IPCA.

IPCA significa Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo.

O IPCA é um índice que calcula variação de preços de diversos produtos e serviços conforme um critério pré-estabelecido. Quem calcula o IPCA é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísca (IBGE).

PARA QUE SERVE O IPCA?

O IPCA é adotado pelo governo brasileiro como o índice oficial de inflação. Isto significa que a política econômica do governo levará em conta o valor do IPCA para decidir como agir em relação à inflação.

COMO SE CALCULA O IPCA?

Você pode encontrar a fórmula completa do cálculo no site do IBGE. De forma geral, o IPCA tem as seguintes características:

  • As informações são coletadas no período do dia 1 ao dia 30 do mês de referência.
  • Abrange as famílias com rendimentos mensais compreendidos entre 1 e 40 salários mínimos, residentes nas áreas urbanas das regiões pesquisadas.
  • Abrangência geográfica: regiões metropolitanas de Belém, Fortaleza, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Vitória, Porto Alegre, Brasília e municípios de Goiânia e Campo Grande.
  • Os dados são obtidos em estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, concessionárias de serviços públicos e domicílios (para levantamento de aluguel e condomínio).
  • Para o cálculo, considera os seguintes grupos de despesas: Alimentação e Bebidas, Habitação, Artigos de Residência, Vestuário, Transportes, Saúde e Cuidados Pessoais, Despesas Pessoais, Educação e Comunicação.

COMO UTILIZAR O IPCA?

Observando as características do cálculo do IPCA é possível notar que ele abrange somente um determinado grupo de pessoas, produtos e regiões. O resultado é que ele nem sempre reflete a sua realidade. No entanto, por se tratar do índice oficial de inflação do Brasil, o IPCA também será o índice utilizado em diversas coisas que envolvem seu dia a dia, como:

  • Reajuste de contratos de aluguel
  • Reajuste de financiamentos
  • Reajuste de mensalidades

Para os investidores, o IPCA será o índice de rendimento que remunera alguns ativos como: títulos IPCA + (NTN-B) do Tesouro Direto, algumas debêntures, contratos de aluguel de Fundos de Investimento Imobiliário, entre outros.

Você também pode utilizar o IPCA para calcular o rendimento real dos seus investimentos para saber se está conseguindo vencer a inflação.

Compartilhe este artigo:

TwitterFacebookGoogle+BufferPin It