Empreste dinheiro para grandes empresas!

O QUE É DEBÊNTURE?

investir em Debênture é o mesmo que emprestar dinheiro a uma empresa e em troca receber juros.

Debêntures são utilizadas pelas empresas como forma de captar dinheiro para financiar suas atividades.

Existem dois tipos de debêntures:

  • Incentivadas: debêntures emitidas por empresas de setores relacionados à infraestrutura e considerados essenciais pelo governo. São isentas de Imposto de Renda.
  • Não incentivadas: debêntures de empresas em geral. Não são isentas de Imposto de Renda.

POR QUE INVESTIR EM DEBÊNTURES?

Debêntures podem oferecer bom rendimento e pouco risco (caso a empresa emissora seja sólida) e ainda contar com a isenção de Imposto de Renda caso sejam Debêntures Incentivadas.

COMO INVESTIR EM DEBÊNTURES?

Para investir em Debêntures é preciso ter conta em uma Corretora de Valores.

Tendo uma conta, é possível investir de duas formas:

  • Na emissão: quando as Debêntures são lançadas pela primeira vez.
  • No mercado secundário: Debêntures podem ser negociadas na Bolsa de Valores e um investidor pode comprar de outro investidor uma Debênture cuja emissão já tenha ocorrido.

RENDIMENTO DAS DEBÊNTURES?

O rendimento varia conforme a Debênture. Para obter essa informação será preciso ler o Prospecto. Debêntures podem ser tanto prefixadas como pós-fixadas.

TAXAS DO INVESTIMENTO EM DEBÊNTURES

As taxas podem variar e incluem: taxas de administração, taxas da corretora e taxas da Bolsa de Valores.

Com exceção das Debêntures incentivadas, que são isentas de Imposto de Renda, investimentos em Debêntures pagam Imposto de Renda retido na fonte conforme a tabela regressiva:

  • Até 180 dias, alíquota de 22,5%;
  • De 181 a 360 dias, alíquota de 20%;
  • De 361 a 720 dias, alíquota de 17,5%;
  • Mais de 720 dias, alíquota de 15%.

Aprenda a declarar seus investimentos em Debêntures no Imposto de Renda. Clique Aqui.

PAGAMENTO DE JUROS

O recebimento dos seus rendimentos (ou juros) pode ocorrer:

  • No vencimento da Debêntures
  • Em amortizações periódicas

VALOR INICIAL

O valor inicial de aplicação varia de R$1.000,00 a R$300.000,00 ou mais.

LIQUIDEZ

Não há liquidez no investimento em Debêntures. Uma vez comprado o título, o valor combinado só será recebido no vencimento do mesmo.

Caso o investidor queira se desfazer da Debênture antes do vencimento, será preciso negociar no mercado secundário a venda do seu título, porém a liquidez pode ser baixa devido ao baixo número de negociações.

RISCOS DA DEBÊNTURE

O principal risco do investimento em Debêntures está na empresa emissora. Caso ela não consiga pagar suas dívidas, o investidor não receberá seu dinheiro. É importante analisar a saúde financeira da empresa em cuja Debênture você está interessado em investir.

Devido à baixa liquidez no mercado secundário, o investidor deve considerar que, uma vez comprada a Debênture, ficará com ela até o vencimento. Assim, caso você precise do dinheiro em alguma emergência pode ser que não consiga vender sua Debênture.

Outro risco a ser considerado é a possibilidade de mudança na legislação, retirando a isenção do pagamento do Imposto de Renda das Debêntures incentivadas, o que diminuiria o rendimento da sua Debênture, podendo torná-la menos vantajosa em relação a investimentos menos arriscados, como o Tesouro Direto.

MAIS INFORMAÇÕES

Duas ótimas fontes de informação sobre Debêntures são os sites: www.debentures.com.br e Bm&FBovespa.

Neles você encontrará todas as Debêntures em lançamento e negociação. Bem como características, códigos, cotação etc.

Compartilhe este artigo:

TwitterFacebookGoogle+BufferPin It