O investimento mais utilizado pelos brasileiros!

O QUE É POUPANÇA?

A poupança é uma conta de depósitos para as pessoas físicas remunerada pela Taxa Referencial (TR) acrescida de juros mensais. É uma modalidade de investimento muito simples e acessível, podendo ser utilizada com facilidade por qualquer pessoa.

POR QUE INVESTIR NA POUPANÇA?

A Poupança é um investimeno de Renda Fixa que apresenta algumas vantagens:

  • Simples de se gerenciar
  • Liquidez imediata
  • Garantida pelo Fundo Garantidor de Crédito em até R$250.000,00 por CPF por instituição financeira.
  • Isenta de Imposto de Renda

COMO INVESTIR NA POUPANÇA?

Para investir na Poupança é necessário abrir uma conta Poupança em um banco de sua escolha. Como todas as características da Poupança são padronizadas, seu principal critério de escolha será o próprio banco.

RENDIMENTO DA POUPANÇA?

O rendimento da Poupança é o equivalente à Taxa Referencial somada a:

  • 0,5% ao mês, enquanto a meta da taxa SELIC for superior a 8,5% a.a.; ou
  • 70% da meta da taxa SELIC convertida para o valor mensal, quando a meta da taxa SELIC for igual ou inferior a 8,5% a.a.

O QUE É TAXA REFERENCIAL?

A Taxa Referencial, ou TR, é uma taxa calculada diariamente pelo Banco Central com base na taxa média mensal ponderada ajustada dos CDBs prefixados das trinta maiores instituições financeiras do país.

O mais importante é saber que ela nunca será menor que zero.

Foi instituida na década de 90 e permanece até hoje como taxa de remuneração da Poupança.

Utilize a Calculadora do Cidadão para saber a TR de um período.

TAXAS DA POUPANÇA

Uma das principais vantagens da Poupança é que não é necessário pagar taxas e o investimento é isento de Imposto de Renda.

Aprenda a declarar seus investimentos em Poupança no Imposto de Renda. Clique Aqui.

PAGAMENTO DE JUROS DA POUPANÇA

O recebimento dos seus rendimentos (ou juros) ocorre mensalmente, na data de aniversário do seu depósito, direto na sua conta Poupança.

A data de aniversário do seu depósito é o dia em que você realizou o mesmo. Para receber o rendimento, será preciso manter o dinheiro investido por pelo menos um mês (até a data de aniversário do mês seguinte).

Data Movimentação Observação
01/01/00 Depósito R$1.000,00 A data de aniversário deste depósito é o dia primeiro do mês.
05/01/00 Depósito R$500,00 A data de aniversário deste depósito é o quinto dia do mês.
01/02/00 Recebimento de Juros Recebimento de juros do depósito de R$1.000,00
05/02/00 Recebimento de Juros Recebimento de juros do depósito de R$500,00

VALOR INICIAL

Não há restrição de valor inicial, basta depositar a quantia que você desejar.

LIQUIDEZ DA POUPANÇA

Uma das principais vantagens da Poupança é a sua liquidez. A Poupança possui liquidez imediata. Isto significa que ao solicitar o resgate você receberá o dinheiro na mesma hora, podendo inclusive sacar em cédulas no caixa.

RISCOS DA POUPANÇA

O principal risco da Poupança é o seu baixo rendimento. Na maioria das vezes, ele não é suficiente para vencer a inflação e você acaba tendo um Rendimento Real negativo. Isto faz com que você perca dinheiro no longo prazo.

A Poupança é garantida em até R$250.000,00 pelo FGC em caso de falência do seu banco, por isso evite aplicar valores maiores que esse em um mesmo banco.

Devido à sua simplicidade e alta liquidez a Poupança é muito utilizada pelos brasileiros, porém não é um bom investimento de longo prazo. Opções como o Tesouro Direto são muito mais vantajosas para quem deseja investir na Renda Fixa.

O maior potencial da Poupança está na utilização da mesma como reserva de emergência. Devido à liquidez imediata, grande segurança e rendimento baixo, a Poupança é o local ideal para você manter uma quantia de dinheiro a ser utilizada em caso de emergências que exijam ter dinheiro em mãos rapidamente.

Compartilhe este artigo:

TwitterFacebookGoogle+BufferPin It