INVE$TINDO

Aprenda a investir de forma simples e rápida!

O que é o Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um sistema eletrônico que permite aos pequenos investidores negociarem títulos da dívida do governo federal.

Os Título Públicos

O governo dispõe de duas fontes de renda:

  • Impostos; e
  • Empréstimos.

Normalmente, governos são deficitários, isto é, gastam mais do que conseguem arrecadar com impostos. Nem sempre aumentar os impostos é uma alternativa viável, restando a opção de pegar dinheiro emprestado.

Assim, para conseguir obter empréstimos, o Tesouro Nacional — entidade que cuida das contas do governo — emite títulos de dívida que possuem características de:

  • Prazo; e
  • Rentabildade.

Investidores interessados em emprestar para o governo podem comprar esses títulos e serem remunerados pela rentabilidade contratada com pagamento na data de vencimento do título.

O Sistema

Antigamente, só tinham acesso aos títulos públicos os grandes investidores corporativos, tal como os bancos e fundos de investimento.

Em 2002, o Tesouro em parceria com a B3 implantou um sistema eletrônico de negociação que permite também aos investidores pessoas físicas negociarem os títulos. Esse sistema é chamado de Tesouro Direto.

Como funciona o Tesouro Direto?

Para ter acesso ao sistema, o investidor precisa:

  • Abrir uma conta em uma corretora de valores, que atuará como intermediário e agente de custódia;
  • Enviar dinheiro para a corretora;
  • Acessar o sistema, que funciona como um website onde os títulos podem ser comprados ou vendidos; e
  • Comandar as ordens das operações que deseja fazer.

Leia os demais artigos dessa seção para:

Última atualização: 2021-04-29