INVE$TINDO

Aprenda a investir de forma simples e rápida!

ROE

O que é ROE?

ROE é a sigla para Return on Equity (Retorno sobre o Patrimônio, em português).

O ROE é um indicador utilizado para analisar a perfomance de empresas, comparando-se o lucro gerado pela empresa com o seu patrimônio líquido (PL).

Como calcular o ROE?

O ROE é calculado dividindo-se o lucro líquido de um período pelo patrimônio líquido da empresa no mesmo período:

ROE=LucroLıˊquidoPatrimo^nioLıˊquidoROE = {Lucro\,Líquido \over Patrimônio\,Líquido}

Fórmula 1 - Cálculo do ROE.

O lucro líquido é obtido através da DRE, já o patrimônio líquido é obtido através do balanço patrimonial.

Por exemplo, imagine uma empresa com os seguintes resultados:

  • Lucro Líquido apurado em 31/12/2019: R$10.000.000,00; e
  • Patrimônio Líquido no dia 31/12/2019: R$65.000.000,00.

O ROE será calculado da seguinte maneira:

ROE=10.000.00065.000.000=15,4%ROE = {10.000.000 \over 65.000.000} = 15,4\%

Importante: O ROE não deve ser utilizado para empresas com prejuízo ou patrimônio líquido negativo, pois distorcerá o indicador

Patrimônio Líquido Médio

Como a DRE considera um período de tempo para a apuração e o balanço patrimonial é uma "foto" para uma determinada data, o ideal é calcular o ROE utilizando-se o patrimônio líquido médio do período analizado.

Nesse caso, o indicador é chamado de ROAE ou Return on Average Equity (Retorno sobre o Patrimônio Líquido Médio, em português)

Imagine uma empresa com os seguintes resultados:

  • Lucro Líquido apurado em 31/12/2019: R$10.000.000,00;
  • Patrimônio Líquido no dia 31/12/2018: R$60.000.000,00; e
  • Patrimônio Líquido no dia 31/12/2019: R$65.000.000,00.

O patrimônio líquido médio é obtido através de uma média simples dos valores de PL do ano em questão e do ano anterior:

PLMeˊdio=PL1+PL22=60+652=62.500.000PL\,Médio = {PL1 + PL2 \over 2 } = {60+65 \over 2} = 62.500.000

Calculando-se o ROE através do patrimõnio líquido médio, chegamos ao seguinte resultado:

ROAE=10.000.00062.500.000=16%ROAE = {10.000.000 \over 62.500.000} = 16\%

Análise do ROE

Pode-se entender o ROE como uma medida da eficiência da administração da empresa em gerar lucros com os ativos da empresa.

O patrimônio líquido é resultado da diferença entre todos os ativos da empresa e suas obrigaçõs e deveres com terceiros. Ou seja, é o patrimônio da empresa que sobra para os seus acionistas.

Ao comparar o lucro gerado com o patrimônio do acionista, temos uma forma de medir o retorno gerado pela a empresa para o capital do acionistas que ficou "travado" na empresa.

Por esse motivo, espera-se que o ROE seja acima da taxa de rendimento que pode ser obtida em investimentos de menor risco, como a taxa SELIC.

O ROE também pode ser utilizado como uma ferramenta para comparação de empresas dentro de um mesmo setor.

É preciso ter cautela ao comparar o ROE de empresas de diferentes setores, pois há empresas que operam com patrimônio líquido pequeno, distorcendo o REO.

ROE Extremos

ROE muito elevado ou baixo pode ser um sinal de problemas na empresa.

Por exemplo, um ROE muito alto é sinal de que o patrimônio líquido é muito pequeno em comparação ao lucro líquido. Isso pode ter origem em fatores como:

  • Lucros inconsistentes: uma empresa com longo histórico de prejuízos tem seu PL reduzido. Ao ter um período de lucro, o ROE acabará distorcido;
  • Excesso de dívidas: uma empresa excessivamente endividada terá um patrimônio líquido reduzido, o que pode distorcer o ROE.
Última atualização: 2019-12-15